Casado dando rapidinha depois da reunião

Como já disse nos outros contos, sou casado, tenho 33 anos, loiro, 1,80 de altura, 77 Kg, 19cm, boa pinta e discreto, moro na Grande São Paulo. O que vou relatar aconteceu há mais ou menos 2 anos.

Um potencial cliente de consultoria agendou comigo, no final da tarde, uma reunião no Shopping Tietê, que fica na Zona Oeste de São Paulo. Como cheguei antes do horário marcado, aproveitei para abrir o aplicativo de pegação e ver o que tinha de interessante naquela região, falava com o João, um quarentão do jeito que gosto, mas quando meu cliente chegou tive que interromper a conversa, a reunião durou cerca de 1 hora.

Logo que a reunião acabou, abri o aplicativo e retomei a conversa, expliquei ao João que eu era casado, não tinha muito tempo, mas se ele estivesse afim eu poderia dar uma passada no apartamento dele. Ele concordou, e como ele morava próximo ao shopping não demorou muito para eu chegar.

Ao chegar eu já estava liberado na portaria, então, subi, ele abriu a porta com um sorriso lindo, perguntou se eu queria uma água ou alguma bebida, conversamos um pouco, rolou afinidade, ele se aproximou e me lascou um beijo, disse que seu eu não tinha muito tempo, então, deveríamos aproveitar o máximo do pouco tempo que tínhamos.

Enquanto nos beijávamos, ele começou a enfiar a mão por dentro da minha calça e dedilhar meu rabo. Ele viu que gostei, me virou de costas, tirou meu cinto, baixou minha calça e me fez inclinar sobre uma mesa e socou a língua no meu rabo. Tiramos a roupa e fomos para cama, onde caímos num demorado 69, onde ele mamava meu rabo e eu mamava o cacete dele.

Depois ele me virou de bruço e começou a chupar meu rabo vigorosamente, me fazendo contorcer e gemer de tanto tesão, na sequencia começou a pincelar meu rabo e perguntar se eu queria levar varada, ficou brincado na portinha do meu cú até eu implorar pra ele socar.

Ele disse que queria me ver cavalgando, então, colocamos a camisinha, lubrificamos e comecei a devagar engolir cada centímetro do pau dele, comecei devagar e depois fui aumentando a velocidade, até galopar, tava calor e logo começamos a suar.

Quando eu estava me cansando de tanto rebolar no pau dele, o João pediu para ficar de 4 e meteu forte por um bom tempo, depois me pegou na posição de frango, até que me pediu pra ficar de bruços, imobilizou miinhas pernas com as pernas dele, e imobilizou meu braço com os braços dele, assim, ele ficou me comendo gostoso por um tempo, enquanto oscilava entre falar putaria no meu ouvido e mordiscar meu pescoço e orelha.

Não demorou muito ele começou a bombar frenéticamente gozou, eu tava cheio de tesão, então, comecei a me punhetar e gozei com o pau dele ainda dentro de mim, ele ficou em cima de mim até o pau dele amolecer e sair sozinho de dentro do meu rabo. Ficamos por um tempo conversando e trocando carícias, mas logo joguei uma água no corpo, me vesti e fui pra casa.

De vez em quando a gente ainda se vê, sempre é muito bom.

Add a Comment